TRADUÇÃO / Translation / Traducción / 翻訳 / Traduction / Traduzione / Übersetzung

12 de janeiro de 2011

"Um inocente que não deixa de ser culpado"

Quando imóvel, pendurado ou dentro da mala, nada nele deixa antever o atrevido sedutor. Na verdade, assim ele se parece com um inofensivo brinquedo.
Mas, ah, coloque-o no seu habitat natural, dê-lhe um rodopio e faça-o dizer: "cheguei!"
Pronto! Toda a platéia está seduzida por aquele pequeno ser, que gira e dança, batendo palmas e cantando.
É frágil, pequeno, desperta ternura.
Importante: é incapaz de ameaçar quem quer que seja.

Álvaro Apocalypse

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar sua opinião!
Comentários refletem a opinião do comentarista.
Desde já, Obrigado!